Greve dos Caminhoneiros

GREVE 2015

Paralisação de caminhoneiros bloqueia rodovias pelo país

Atos foram na BA, CE, ES, GO, MG, MS, PE, PR, RJ, RN, RS, SC, SP e TO. Motoristas são autônomos e se declaram independentes de sindicatos.

Um protesto de caminhoneiros bloqueia nesta segunda-feira (9) trechos de várias estradas do país, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os atos acontecem em BA, CE, ES, GO, MG, MS, PE, PR, RJ, RN, RS, SC, SP e TO.
O grupo que participa do movimento foi convocado pelo Comando Nacional do Transporte. Os manifestantes são autônomos e se declaram independentes de sindicatos. Eles são contra o governo Dilma Rousseff, pedem o aumento do valor do frete, reclamam da alta de impostos e da elevação nos preços de combustíveis, entre várias outras questões.
O movimento não tem adesão total dos caminhoneiros. A Confederação Nacional dos Transportes Autônomos afirmou, em nota, que não concorda com a mobilização, já que a pauta não tem relação com os problemas específicos da categoria. A União Nacional dos Caminhoneiros também informou que discorda dos bloqueios.
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística da CUT (CNTTL) também informou, em nota, que o protesto é uma “manobra” de “grupo que tenta usar os caminhoneiros em prol de interesses políticos, que nada têm a ver com a pauta de reivindicações da categoria”.
Em entrevista coletiva na manhã desta segunda, o ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, afirmou que o movimento tem como objetivo desgastar o governo politicamente.
Veja a situação em cada estado:
– BAHIA
O protesto na BR-407, km 230, perto de Capim Grosso, durou cerca de 11 horas. Em Barreiras, os caminhoneiros começaram o protesto a partir das 12h, estacionando os veículos nos acostamentos da rodovia e em pátios de postos de combustíveis.
– CEARÁ
BR-222, Km 318, em Tianguá – bloqueio parcial. Veículos pequenos podem passar.

– ESPÍRITO SANTO
Manifestantes convidam os caminhoneiros a pararem o transporte das mercadorias e estacionar no acostamento e no pátio da Associação dos Caminhoneiros do Sul do Espírito Santo (Ascames), localizado na região.
BR-101, km 375 – concentração em acostamento
– GOIÁS
BR-153, Km 430, em Anápolis – bloqueio parcial
BR-364, Km 198, em Jataí – bloqueio parcial
BR-364, Km 195, em Jataí – bloqueio parcial
BR-364, Km 300, em Mineiros – bloqueio parcial
BR-040, Km 19, em Luziânia, bloqueio parcial

– MINAS GERAIS
Caminhoneiros fazem paralisação desde a madrugada desta segunda-feira (9) em rodovias de Minas Gerais, informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). De acordo com a PRF, às 16h45, eles protestavam em seis trechos. Na Zona da Mata, a paralisação foi próximo ao município de Simão Pereira e durou cerca de duas horas e meia. Também houve bloqueios no Centro-Oeste do estado.
Rodovia Fernão Dias, km 513, em Igarapé, Região Metropolitana – bloqueio parcial
Rodovia Fernão Dias, km 678, em Perdões, no Sul de Minas – bloqueio parcial
BR-040, km 627, em Conselheiro Lafaiete, na Região Central – bloqueio parcial
BR-381, em João Monlevade, na Região Central – bloqueio parcial nos dois sentidos

– MATO GROSSO DO SUL
BR-267, em Maracaju, bloqueio parcial
BR-463, em Ponta Porã, bloqueio parcial

– PARANÁ
Em Medianeira, na região oeste, cerca de 200 trabalhadores fecham os dois sentidos da BR-277, na altura do km 667, desde as 7h. Somente veículos de emergência estão sendo liberados. A mesma situação ocorre em Apucarana, no km 670, e em Califórnia, no km 252.
BR-376, km 245, Apucarana – bloqueio parcial
BR-376, km 133, Nova Esperança – bloqueio parcial
BR-376, km 111, Paranavaí – bloqueio parcial
BR-153, km 111, Ibaiti – bloqueio parcial
BR-476, km 358, União da Vitória – bloqueio parcial
BR-373, km 479, Coronel Vivida – bloqueio parcial
BR-369, km 79, Cornélio Procópio – bloqueio parcial
BR-369, km 157, Cambé – bloqueio parcial
BR-369, km 178, Arapongas – bloqueio parcial

– PERNAMBUCO
BR-407, em Petrolina, houve bloqueio da Ponte Presidente Dutra, mas o trecho já foi liberado.

– RIO DE JANEIRO
BR-116 (Via Dutra), em Barra Mansa, houve bloqueio parcial, mas as pistas foram liberadas e os caminhoneiros mantinham a manifestação no acostamento da rodovia.

Pneus foram queimados para bloquear rodovia (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Pneus foram queimados para bloquear rodovia no Rio Grande do Norte (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
– RIO GRANDE DO NORTE
Na BR-304, o grupo queimou pneus contra a cobrança de pedágios e contra o governo federal. Os carros começaram a passar pela marginal da rodovia. Houve protesto também na BR-101, em Parnamirim, na Grande Natal. O trânsito foi liberado às 12h30 na BR-101 e às 15h30 na BR-304.
Caminhoneiro foi apedrejado em ponto próximo a ato da categoria, em Camaquã (RS) (Foto: PRF/Divulgação)
Caminhoneiro foi apedrejado em ponto próximo a
ato da categoria, em Camaquã (RS) (Foto: PRF
/Divulgação)
– RIO GRANDE DO SUL
Os motoristas se concentram em postos de combustíveis em rodovias federais e estaduais. Alguns pontos têm bloqueios parciais. Outros tiveram interdições devido à queima de pneus. Um caminhão foi apedrejado próximo ao protesto na BR-116.
– BR-386, no km 245, em Soledade – bloqueio parcial
– BR-386, no km 134, em Sarandi – bloqueio parcial
– BR-285, no km 337, em Carazinho – bloqueio parcial
– BR-285, no km 273, em Mato Castelhano – bloqueio parcial
– BR-285, no km 497,7, em Entre-Ijuís – bloqueio parcial
– BR-472, nos kms 155,5 e 168, em Santa Rosa – bloqueio parcial
– BR-116, no km 40, em Vacaria – bloqueio parcial
– BR-116, no km 66, em Pelotas – bloqueio parcial
– BR-285, no km 301, em Passo Fundo – bloqueio parcial

– SANTA CATARINA
Manifestantes bloquearam a SC-486, no Vale do Itajaí, durante a manhã, mas às 13h o trecho já havia sido liberado. Um caminhão contêiner atravessado na pista impossibilitou o tráfego de cargas, já os carros transitavam pelo acostamento. No ato, um caminhoneiro foi preso.
Em São Bento do Sul, na BR-280, os caminhoneiros estão sendo abordados pelos manifestantes para permanecer no acostamento e aderir ao movimento.
BR-116, no Km 54, em Papanduvas – concentração no acostamento
BR-116, no Km 138, em Santa Cecília – concentração no acostamento
BR-280, em São Bento do Sul – concentração no acostamento

– SÃO PAULO
Caminhoneiros chegaram a ocupar todas as faixas das pistas central e expressa da Marginal Tietê, sentido Rodovia Ayrton Senna, durante protesto que começou por volta das 10h e se estendeu até o início da tarde desta segunda-feira (9), em São Paulo.

No interior, a rodovia Raposo Tavares (SP-270) chegou a ficar fechada por cinco horas na altura do quilômetro 384, em Salto Grande, região de Ourinhos (SP).

Em Presidente Venceslau, os caminhoneiros pararam no acostamento da SP-270 (Raposo Tavares).
Em Limeira, um protesto de caminhoneiros fecha, na noite desta segunda-feira (9), as duas faixas e o acostamento no sentido capital da Rodovia Anhanguera (SP-330). Segundo a Polícia Rodoviária, os motoristas estacionaram os veículos no meio da estrada e bloquearam a passagem. A Autoban, concessionária que administra o trecho, informou que registra congestionamento do km 145 ao km 141. A manifestação está pacífica.
– TOCANTINS
No Tocantins, caminhoneiros começaram a protestar na noite do domingo. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, apenas a passagem de caminhões está interrompida.

BR-153, em Colinas dos Tocantins, bloqueio parcial.

Fonte:

http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/11/protesto-de-caminhoneiros-bloqueia-rodovias-pelo-pais.html


Categorias: